Pular para o conteúdo principal

Compartilhar


Sonhos Recorrentes

Yu-Gi-Oh! GX 06/12

Vila das Sombras (Resident Evil)

Há muito tempo, uma menina saiu com a mãe atrás de frutas para o pai, que estava trabalhando, mas a floresta as recebeu com um silencio frio e sombrio e arbustos vazios. Determinada a encontrar frutas, a pestinha saiu de perto da mãe e desapareceu entre as árvores, os chamados da mãe logo ficaram para trás, enquanto a menina corria sobre videira, galhos, floresta a dentro. Ao se sentir observada por olhos estranhos, a garota se lembrou das histórias de terror, que a mãe contava de noite e sua garganta ficou seca e o Lorde dos Morcegos apareceu, ele a recebeu com afeto e mordeu a própria asa, "Venha Criança sacie sua sede!", disse ele. Então ela bebeu o sangue viscoso e escuro, sorrindo de alegria. Ao Passar por um cemitério nuvens carregadas fecharam o céu e o ar ficou com muito frio, a garota tremia muito, então um Tecelão das Trevas apareceu, estalou os dedos e da névoa criou um belo vestido, "Venha Criança, aqueça-se!", insistiu ele. Então ela vestiu e sorriu de

Basilisco

O Basilisco (Pequeno Rei ou Rei Das Serpentes) é uma serpente que pode varia de trinta centímetros até seis metrôs de altura, de coloração verde escura com grandes olhos amarelos e uma crista em forma de coroa dourada, nos machos crescem uma única pluma escarlate ou negra na cabeça. Suas escamas são blindadas, como a de um Dragão, fazendo troca de pele, como qualquer outra cobra, quando cresce.  Sua imagem foi confundida com a do Cocatrice, um réptil, com asas, pernas e crista de galo e uma cauda de cobra. Ambas possuindo a habilidade de transformar em pedra aquele que fixa o seu olhar ao dele ou através de sua respiração. O Basilisco nasce de um ovo de serpente chocado sob uma galinha, enquanto o Cocatrice é chocado por um ovo de galinha incubado por uma serpente ou anfíbio, tornando as duas criaturas da mesma família, e seu nascimento poderia ser evitado lançando o ovo sobre a casa da família que o tem, caindo do outro lado da casa, sem deixar que o ovo a toque. Somente a Doninha imu